Blog Post

Reunimos as principais informações sobre Data Center. Confira!<span class=7 min read">
Cotidiano Contábil, Tecnologia

Reunimos as principais informações sobre Data Center. Confira!7 min read

Mesmo que você não seja um viciado em tecnologia, é inegável que vivemos a era da utilização otimizada dos dados. Não por acaso, cientistas da computação e estatísticos são alguns dos profissionais mais valorizados do momento. E, para armazenar e produzir informação relevante, o Data Center é uma ferramenta essencial.

Salas repletas de servidores são uma visão bastante comum em filmes e séries sobre tecnologia. A boa notícia é que aquilo não precisa ser puramente uma peça de ficção: é possível adquirir o seu próprio ativo ou contar com os serviços de um Data Center na nuvem. Agora, conheceremos mais sobre esse conceito e seus benefícios. Boa leitura!

O que é um Data Center?

É um local destinado a abrigar os dados de uma empresa, principalmente aquelas que operam com alta demanda de processamento e produção de informações. Dependendo do tipo de porte e ramo da companhia, ele poderá reunir um amplo número de servidores, bancos de dados informatizados e storages (soluções dedicadas ao armazenamento).

Os Data Centers são vinculados à necessidade de processar grandes quantidades de informação, mas não é apenas isso: eles são projetados, também, para operar de forma ininterrupta. Dessa forma, eles garantem a disponibilidade do sistema sem comprometer os níveis exigidos de confiabilidade e a segurança.

Para que isso ocorra, é essencial que essas máquinas sejam alocadas em locais adequadamente preparados. É importante assegurar dois tipos de segurança: digital e física. Só assim o Data Center estará protegido tanto em relação a desastres naturais — incêndios, por excemplo — como em caso de ciberataques.

Quais são as diferenças entre uma opção física e uma virtual?

No Data Center local, ou físico, toda a infraestrutura é mantida pela própria empresa. Assim, é preciso ter o espaço necessário para alojar os equipamentos que compõem essa solução digital, como servidores, cabeamento especial e condicionadores de ar — além da mão de obra especializada.

Já a opção virtual depende apenas de uma conexão com a internet, o que libera a equipe interna de TI para as atividades estratégias relacionadas ao propósito principal da empresa. Os serviços de manutenção e atualização ficam por conta do fornecedor do maquinário.

Quais são as vantagens de contar com um Data Center?

Obter um Data Center local é um investimento importante, mas inadequado para empresas de médio e grande porte. Isso porque os gastos com manutenção são altos e o maquinário ainda exige cuidados rotineiros por parte de profissionais especializados.

Assim, muitas companhias optam pelo Data Center virtual. Nesse caso, como vimos, o acesso aos arquivos é realizado por meio do acesso à internet. Agora, vamos conhecer as vantagens específicas da utilização dessa tecnologia.

Ganho em estabilidade

Com o acesso a um Data Center, a infraestrutura de tecnologia fica disponível em tempo integral, gerando estabilidade para as operações diárias.

Ao contratar o serviço virtual de um fornecedor com credibilidade, as tarefas operacionais relacionadas ao maquinário ficam por conta desse prestador de serviço.

Escalabilidade e personalização

O Data Center físico vai prover toda a estrutura necessária mesmo para negócios em expansão. Dessa forma, é possível armazenar e processar os seus dados de forma cada vez mais intensa — desde que você conte com profissionais especialistas no assunto.

Ao escolher a opção virtual, sua empresa pode optar pelo modelo que atenda às necessidades do negócio naquele determinado momento e personalizar as suas demandas de acordo com a expansão de oportunidades. Assim, fica mais fácil controlar os gastos, já que os gestores estarão cientes sobre o que estão contratando logo na assinatura do contrato de prestação de serviços.

Utilização de tecnologias avançadas

A contratação dos serviços proporcionados pelo Data Center virtual também assegura aos gestores a utilização de tecnologia moderna, mas sem toda a responsabilidade de execução das atualizações exigidas pelo maquinário físico. Assim, essa é uma boa opção para empresas que não querem gastar tanto de uma só vez.

O equipamento físico é um ativo importante e cria uma vantagem competitiva significativa. No entanto, os colaboradores podem se afastar do core business da organização ao serem obrigados a realizar reparos eventuais e rotinas de atualizações para que a empresa continue contando com o que há de mais moderno no mercado.

Redução de gastos

A utilização do Data Center virtual vai garantir que os custos estejam sempre controlados, protegidos por contratos e parceiros com credibilidade. Isso porque não será mais necessário investir pesado em ativos próprios e em pessoas que possam cuidar desse maquinário.

A vantagem do Data Center físico é poder controlar o processamento de dados mais de perto, o que é especialmente importante para cientistas de dados e estatísticos. No entanto, se a sua empresa não conta com esse tipo de profissional, a opção virtual é uma excelente escolha.

data center

Quais as melhores práticas para garantir a segurança?

Se a sua empresa opta pela aquisição de um Data Center próprio, alguns cuidados são necessários para que tudo funcione de forma adequada. Vamos conhecê-los.

Localização diferenciada

A segurança dos dados só estará garantida se os equipamentos forem alocados em um ambiente mais reservado. Alguns Data Centers contam com algumas centenas de servidores e máquinas diversas, então a localização deve ser privilegiada.

Além de proteger o data center da ação de pessoas que não estejam autorizados a se aproximar da estrutura, é preciso mantê-lo longe de outros riscos, como focos de curto-circuito e aquecimento além da conta.

Para isso, é necessário manter controle rigoroso de temperatura e níveis de umidade e fumaça, para mapear os riscos e prevenir determinadas ocorrências com antecedência.

Grandes galpões são utilizados, de modo geral, para a alocação de Data Centers. Em companhias maiores, é interessante que o espaço seja anexo à sede. No entanto, o acesso deve ser liberado apenas por profissionais autorizados e que entendam os riscos de tratamento inadequado desses equipamentos.

Controle de acesso

É fundamental que o Data Center conte com alguma espécie de monitoramento eletrônico, como circuitos fechados de segurança. Lembre-se: dados valiosos são armazenados ali, como informações bancárias de clientes e o próprio histórico digital da companhia.

Com controles de acesso rigorosos, a entrada e saída de pessoas será devidamente fiscalizada. Aparelhos que exijam leitura biométrica para liberar a entrada também são boas opções.

Equipe especializada

Além da infraestrutura de ponta, como computadores, notebooks e conexões rápidas, é necessário contar com profissionais certificados para operar o Data Center.

Você pode até treinar alguns colaboradores mais talentosos, mas é preciso garantir que eles não sejam sobrecarregados com outras tarefas que não tenham relação com esse maquinário.

Eficiência energética e refrigeração

Ter quedas constantes ou picos de energia vai deixar a empresa inoperante, já que o funcionamento adequado do Data Center estará comprometido. Para evitar isso, é preciso contar com geradores, nobreaks e o monitoramento otimizado do consumo geral.

Além disso, manter o ambiente refrigerado é uma obrigação. O ambiente deve estar sempre climatizado com sistemas de resfriamento de alta precisão.

Como você pode ver, o Data Center é uma ferramenta indispensável para quem quer gerar novas oportunidades por meio da tecnologia avançada. Outra ótima notícia é que não é preciso desembolsar muito dinheiro de uma vez só, já que as opções virtuais também oferecem excelentes benefícios para diferentes tipos de negócio.

Gostou do artigo e quer que outras pessoas leiam? Então, compartilhe o post em suas redes sociais e convide os seus amigos a conferir!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *