Lidere sua carreira com visão de futuro

businessman-481113_1280 Um problema que as pessoas enfrentam é não balancear as decisões de curto prazo com as consequências no longo prazo. Elas têm dificuldade de refletir sobre a carreira e acabam por reduzir suas alternativas conforme o tempo passa. Isso gera diminuição de renda, frustração e a necessidade de muito esforço no futuro para compensar uma decisão infeliz. A causa disso é que não pensam na carreira para sustentar o padrão de vida após a aposentadoria e não aceitam método, conselho ou orientação para suas decisões. A solução passa por escolher bem pessoas e profissionais com quem possam compartilhar seus pensamentos antes de tomar uma decisão. Aqueles que já passaram dos 20 anos sabem como é difícil abrir mão de se auto-orientar e ouvir com a serenidade necessária a opinião de outras pessoas. Mas observo que mesmo profissionais acima dos 30 têm uma resistência enorme em aceitar contribuição de outros para suas reflexões. Além disso, consideram-se muito distantes de suas aposentadorias e, portanto, não precisam pensar no longo prazo. Bem, se você não fizer isso aos 30, quando os 50 chegarem, o que era para ser longo prazo tornou-se curto prazo. Portanto, o melhor momento para pensar em sua renda após a aposentadoria é agora e sempre. Se possível, converse com alguém de sua profissão que já se aposentou ou que está em vias de se aposentar. O que aconteceu com a renda dessas pessoas? Você descobrirá o que provavelmente ocorrerá com a sua. Procure olhar para o que acontecerá com o mundo, o Brasil e o setor no qual você atua. Se você não conseguir interpretar o que as notícias dizem sobre o futuro, provavelmente suas decisões não serão capazes de protegê-lo de uma crise econômica ou uma nova tecnologia que o tornará obsoleto. Também não pensará no concorrente da empresa em que trabalha vindo do exterior e que ela não tem condições de vencer. Lembre-se também de que, com o passar do tempo, você será cobrado para ser responsável por pessoas. Porque ter um técnico de 40 anos é muito caro para as empresas, e você terá de se transformar em um gestor. Como alternativa, poderá ser um consultor autônomo. Entretanto, mesmo que decida empreender, e recomendo que faça isso, também deverá aprender a liderar pessoas. Aprimore-se continuamente. Sei que é difícil para alguns aprender inglês, mas, para manter-se atualizado, é preciso ter acesso ao que há de mais avançado em sua área. E, muito provavelmente, os eventos e as publicações de ponta serão nesse idioma. Faça o que for necessário para aprendê-lo. O mundo não é nada suave conosco, e as exigências só aumentam com o passar do tempo. Mas, se você equilibrar suas decisões de curto prazo com as consequências no futuro distante, abrirá mais alternativas para manter seu padrão de vida e a paz de espírito. Esse é um resultado importante para você e sua família.   Fonte: Portal Administradores.com